Notícias

Centro de Educação Infantil recebe Moção de Aplauso

28/11/2017 Centro de Educação Infantil recebe Moção de Aplauso
Fotos: Clara Fernandes Texto: Daniela Savi

O Centro de Educação Infantil Municipal Umberto Cesa recebeu na sessão de hoje (28/11) Moção de Aplauso pelos 60 anos de atividades. A proposta foi do vereador Julio Colombo (PSB), e aprovada por unanimidade. Atualmente o CEIM atende 60 crianças em tempo integral.

 

“Sessenta anos é história de uma vida. Por isso esta Casa tem não só obrigação, mas dever de parabenizar a todos que se envolvem no dia a dia da instituição”, disse o vereador Julio Colombo.

 

O CEIM Umberto Cesa foi fundado em março de 1957, na zona rural de Criciúma, num prédio alugado de propriedade de José Manenti. Em 1962, agora com sede própria, se muda para o terreno do doador Otavio Zanivam.  No ano de 1974, Luiz Zanette Neto doou novo terreno, sendo construída a atual escola num prédio de alvenaria, já com uma sala de aula equipada com mobiliário novo, uma cozinha, dois sanitários e uma área coberta, possuindo instalações elétricas adequadas. 

 

A primeira professora foi Maria Lenir Costa, que além de atender os alunos pedagogicamente, ainda fazia a merenda escolar e cuidava da limpeza. Eram turmas multisseriadas na época - somente ensino fundamental, atendendo os filhos de agricultores, que zelavam pelo espaço escolar, lutando por ensino de qualidade para os filhos, porque para eles (pais) era muito importante ter um estudo, uma profissão. 

 

Foram anos bem difíceis, pois os alunos iam para a escola a pé e moravam distantes.  A proposta pedagógica era voltada para o estudo da Língua Portuguesa, Matemática, Ciência e Cultura. De acordo com os registros antigos, a prática pedagógica era bem simples, conteúdo básico, método tradicional.

 

Em 2004 foi implantada a educação infantil, uma exigência da comunidade. A partir daí, o CEIM Umberto Cesa começou a crescer e a escrever uma nova história.

 

Célia Topanotti Lima Valim assumiu a direção da instituição em 2005. Ela era professora das turmas multisseriadas (1ª a 4ª serie) e cuidava do pedagógico e do administrativo. A escola entendeu, nessa época, que é por meio das interações com o meio social que as crianças se desenvolvem. O parque infantil recebeu especial atenção, junto com área externa, sendo iniciado o projeto de educação ambiental que existe até hoje.

 

Em 2007, houve grande reforma, com o acréscimo de uma sala de sala, sala da direção e área coberta ampliada; os banheiros foram construídos dentro da sala. Foi uma verdadeira revolução no bairro. Nova ampliação sete anos depois - em 2015 a escola deixa de atender o Ensino Fundamental passando a atender somente a Educação Infantil, passando de escola para centro de educação infantil em tempo integral - atendendo crianças de dois a seis anos dos bairros Capão Bonito, Sangão e arredores, oferecendo uma educação de qualidade.